Mappa del sito   .    Blog   .   Brasile    .   Vagabondaggio   .   Foto   .   Viaggi   .   Procedere a scatti    .  Libri   .   Contatti

 

HOME

 

 

Natal . Nordeste

Rio de Janeiro

Suggerimenti

Sanità

Sesso e salute

Foto Brasile

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

conSigli di viAggio

 

 

Trucchi e consigli per viaggiare con gli occhi aperti

 La crisi del turismo renderà obsoleto l'assalto del vecchio ricco da parte dell'antico povero?

La globalizzazione aveva innescato una sorta di colonizzazione al contrario, dove i turisti del mondi sviluppati, visti come membri dell'elite del potere di spesa divenivano ostaggio del desiderio di consumo dei terzomondisti accecati dagli status symbol considerati una certificazione di sviluppo.   Paesi che negli anni '70 erano calmi e tranquilli hanno visto le loro strade invase da scorribande e rapine. Ma il furto non è più motivato dalla fame: oramai si ruba per comprare droga, alcool, nike air, per cui qualsiasi oggetto di pregio diventa alla fine una banconota da pochi euro.

Io stesso negli ultimi dieci anni, calcando le strade del mondo e accettando di entrare in contatto con la gente semplice, ho dovuto riporre il mio innato altruismo e la disponibilità incondizionata per vestire i panni del viaggiatore attento.

   Anche senza cadere negli slogan stantii, la preparazione del nostro bagaglio comportamentale e la conoscenza dei trucchi altrui può regalare nuove albe alla nostra sopravvivenza.

 

Travel Tips

Non esiste libertà senza conoscenza

 1. Scegliere. La prima regola per un viaggiare  cosciente dei trabocchetti e consapevole delle opportunità culturali, è accettare di definire se stessi. Siamo Turisti o siamo Viaggiatori? Questa basilare domanda risuona dalla notte dei tempi nella mente e nei rendiconti di molti di noi. Se una rondine non fa primavera e il sesso non è amore, viaggiare non è semplicemente uscire di casa con la valigia in mano.

Esistono le ferie, esiste la scampagnata fra amici, esiste la fuga dallo stress, esiste l'economico last minute dal nome roboante fatto apposta per impressionare gli amici, esiste la visita culturale, esiste la scoperta di nuovi mondi. Nessuna di queste opzioni è di prima o di seconda classe, sono solo opportunità diverse di utilizzare il tempo e i mezzi di trasporto.

Il passo veramente importante è trasformare un caso fortuito in una scelta accettata.  Fatto sta che a dimensione della quantità di aspettative e di sensi coinvolti nella scelta di viaggio, aumentano i fronti che noi lasciamo aperti ad inevitabili imprevisti. Quali?

 2. Biglietteria.  Le compagnie aeree hanno attraversato una fase critica. Apertesi alla concorrenza globale negli anni '90, dopo l'11 settembre hanno dovuto fronteggiare un aggravio di costi e timori. Oggi comprare un biglietto aereo presuppone inevitabilmente la conoscenza della situazione in cui versa la compagnia aerea. Per non troversi fermi all'aeroporto senza un aereo all'andata o, ancor peggio, al ritorno.

 3. Tragitto. E' utile sapere che una compagnia di bandiera, cioè una compagnia di una nazione, è obbligata dalle norme internazionali a fare scalo nella propria capitale. Se vogliamo andare a Bangkok con l'Alitalia, probabilmente viaggeremo diretti, come pure con la Thai Air. Con l'Air France l'aereo dovrà passare per Parigi. Con L'Aeroflot per Mosca, e magari cambiare aereo. Molte compagnie permettono di fare lo STOP OVER, cioè cambiare il volo di oggi con lo stesso volo di domani, pagando una piccola sovrattassa. In questo caso, con la sola spesa del nostro volo a Bangkok potrebbe essere interessante visitare Mosca, o Parigi o Hong Kong per un giorno.

    Viaggiare è come vivere. Possiamo farlo da tristi o da incazzati. Possiamo anche non accorgercene finché non è troppo tardi...

  

 REGOLE PER I VIAGGIATORI

     All'inizio tutti viaggiamo all'interno di circuiti organizzati e controllati. Non occorre comperare un pacchetto di viaggio in agenzia per ritenersi un consumatore di massa. Anche un concerto, una visita al museo o ad un amico a Londra ci garantiscono la tranquillità di sapere che qualcuno già sa cosa va fatto, qualcuno veglia su di noi e sulla nostra avventura fuori casa.

Capita ad un certo punto di uscire dai circuiti battuti. Per curiosità o per caso non siamo più protetti da un salvagente di abitudini culturali domestiche, ma ci troviamo soli di fronte alla realtà locale.  A volte a causa di un biglietto acquistato liberamente, senza sapere dove alloggeremo. Per risparmiare. Per una voglia improvvisa di liberarsi da una vita perfettamente ordinata. Per seguire le orme di un amico gobetrotter. Per provare il gusto di  essere un viaggiatore e non solo un turista.

 In questo caso il salto culturale é notevole e non riguarda solo un cambiamento di latitudine. 

Vale la pena ricordare alcuni punti che fan parte del bagaglio imprescindibile di chi vuole opporre agli imprevisti un minimo di adeguata preparazione.

 4. Carte di Credito. La gestione delle carte di Credito è oggi una delle forme di utilizzo del denaro più facile e più pericoloso. A fronte della comodità di trasporto e di uso, la Carte è bersaglio privilegiato di frodi, truffe e furti. Quando paghiamo con carta di credito dobbiamo essere sicuri che la transazione sia fatta sotto i nostri occhi e che le strisciate in bianco utilizzate, per esempio a garanzia per i noleggi auto, ci siano restituite alla fine del contratto. Mai lasciare la carta in mano di altro. Può accadere che i numeri e i dati personali vengano copiati da un cameriere, da un funzionario di agenzia o anche da un benzinaio. Attenzione alle procedure. Ecco uno schema tipico di una truffa: il benzinaio vi chiede se pagate con la carta, la infila nell'apposito alloggiamento della macchinetta e ve la porge, tenendola in mano, ma con un dito che copre il visore. Voi digitate il pin, schiacciando invio. Lui armeggia con l'aparecchio, poi dice che non è andato a buon fine e vi chiede di ripetere lopoerazione, che questa volta andrà a buon fine. Cos'è successo? La prima volta avrà finto di inserire l'importo, ma avrà lasciato che voi inseriate il codice segreto, impedendovi di vedere che invece compariranno i numeri visibili, perchè sarebbe l'importo. Lui così potrà leggerlo e memorizzarlo, per poi rivenderlo ai truffatori, visto che la macchinetta è stata modificata per clonare il codice a barre identificativo.

Come prevenire questo tipo di truffa?

 ASSICURATEVI SEMPRE che quando digitiate il pin compaiano solo degli asterischi.

Anche nelle casse elettroniche delle banche può accadere qualche inconveniente, per esempio quando il denaro non viene erogato, ma sul vostro estratto conto compare l'operazione è andata a buon fine.

Per questo è necessario che abbiate sempre un controllo immediato: usate servizi bancari che inviano sms. In caso di problema, soprattutto quando la macchina non rilascia scontrino, annotatevi il girono, l'ora e l'indirizzo della banca dove avete avuto il problema, per segnalarlo in seguito alla vostra banca al momento della pratica di contestazione.

Esistono oggi in circolazioni molte carte pre-pagate. L'utilizzo è semplice, nella maggior parte dei casi, come le carte emesse dalla Posta o da banche, c'è la possibilità di ricaricarle e controllarle online. Io uso per esempio due carte Poste Pay oltre a due carte prepagate della mia banca, portandone in giro sempre una dove ho trasferito solo i piccoli importi che voglio utilizzare giornalmente.

(In Brasile le Poste Pay e banco Posta non sempre funzionano negli ATM, ma possono essere utilizzate per gli acquisti)

 5. Copia online dei documenti.  Oggi con l'uso di internet è utile fare copia scanner di ogni nostro documento utile, e inviarcelo per e-mail in un indirizzo recuperabile all'occorrenza da ogni parte del mondo. Yahoo, Hotmail, Gmail  e molti altri provider consentono inoltre di mantenere una cartella abbastanza voluminosa dove possiamo archiviare tutta una serie di informazioni che ci possono essere utili. Quindi documenti, passaporti, patenti, biglietti e prenotazioni possono essere accessibili nel caso di furto, connettendosi da un qualsiasi cyber-caffè di qualsiasi parte del mondo. Le nostre informazioni supplementari possono riguardare foto fatte in viaggio, informazioni raccolte nella preparazione del viaggio e ogni appunto successivo, ma soprattutto numeri e telefoni delle carte di credito, utili in casi di incidenti imprevisti. Il vantaggio risiede nel fatto di poter essere sollevati dal terrore di perdere ogni documentazione e foto del viaggio a causa di smarrimenti e furti. 

Avvertenza. I numeri delle carte di credito possono essere criptati, o per lo meno variati, aggiungendo o invertendo una numerazione in modo da non lasciarli alla portata di hackers o programmi skimmer, che oramai sono provetti a setacciare il web alla ricerca soprattutto di numerazioni a sei cifre.

5.1 - Telefonare.  Il roaming del proprio cellulare è un costo eccessivo: inoltre in ogni paese per acquistare chip telefonici occorre avere un codice fiscale locale. Una buona alternativa sono le schede internazionali. Anche programmi di Voip per chiamate online sono ormai la norma: fatevi un account su Skype o su JustVoip, per poter chiamare a casa o nel paese che vi ospita al costo di pochi centesimi. Alcune chiavette Usb, come le Sandisk Cruzer, consentono di archiviare i vostri programmi telefonici e postali, i dati e gli account per poterli agevolmente utilizzare  in ogni internet caffè del mondo.

L'utilizzo di applicazioni come Whatsapp, Telegram e Zap consentono di rimanere in contatto con in propri contatti avendo in collegamento online, attravrso sia una scheda locale, che semplicemente accessando un punto di wifi in qualche bar o ristorante.

 

 

  Consigli Geografici

 

Cambiare latitudine presuppone cambiamento in ciò che fa il sole. In Europa d'estate il sole tramonta tardi, alle 9 o addirittura alle 10 di sera in Inghilterra. Ai Tropici la giornata finisce prima. Alle 4 e mezza, alle cinque, alle sei di sera nella migliore delle  ipotesi. Ecco che il concetto di tropici risente della prima batosta.

La seconda potrebbe venire da quel rumoroso sbattere d'ali proveniente dal bagno, che il mattino seguente il cameriere spiega essere un particolare insetto succhiasangue. Che cosa fate se durante la passeggiata in una spiaggia dichiarata fra le dieci più belle del mondo notate un cartello che dice: "ATTENZIONE, i CENTIPEDES SONO VELENOSI" ? Non sapete se guardare in alto o in basso, se fidarvi di entrare in acqua o se potete sedervi sotto una palma...

 Ecco, il concetto è chiaro. Cambiare latitudine non vuol dire semplicemente gettar via il brutto, la nebbia e accettare il bello.  O perlomeno non solo. Si lascia un pacchetto di caratteristiche e se ne assume uno nuovo.

 

6.  Vie di Fuga .  Due sono le cose che è bene sapere di un Paese per i momenti in cui ci si trovi nei casini: la prima é da che parte bisogna scappare. Conoscere i confini, le distanze, i mezzi di trasporto, l'abbigliamento più prudente. La seconda è dove si trova la propria ambasciata.

 7. Copie.  Assieme alla copia di sicurezza di tutti i vostri dati importanti, numeri di telefono e scannerizzazioni di passaporto, carte di identità, carte di credito e codici, biglietti aerei , è bene annotarsi i numeri importanti. Consolati, avvocati,assicurazioni e amici; inviate il tutto in una e-mail gratuita cui potrete accedere facilmente da un internet café in qualsiasi parte del mondo. Se volete potete fare la medesima  copia in una chiavetta USB da portare al collo, oppure uno di quei lettori MP3 con cui ascoltare musica, che possono archiviare anche dati. così, se doveste perdere tutto, per lo meno avrete una fotocopia di ogni cosa ritenete indispensabile per risalire ad un livello dignitoso di riconoscibilità. Il problema essenziale  é il livello di costo di accesso, che deve essere il più basso possibile. Se avete un posto segreto dove lasciare la chiavetta e poterla recuperare in caso di necessità, fatelo. Il costo di accesso ad internet è basso, ma bisogna comunque avere qualche spicciolo. Un poco di denaro sarebbe necessario nel caso doveste telefonare a qualcuno per emergenza.  Può rivelarsi utile annotarsi il numero di codice di una carta telefonica nazionale, o anche internazionale, assieme al numero del Consolato.

8. Forza.  Recuperare forza per dare battaglia, prontezza di riflessi, lucidità di analisi e di sintesi per valutare la situazione e prepararsi ad affrontare la ricerca delle soluzioni possibili, che andranno affrontate misurandone l'effetto in coso di sviluppo della situazione. Equivale ad uno schiaffo mentale, un cambio di stato che vale la differenza tra  il successo e il fallimento.   Non esistono regole, se non l'appiattirsi il più possibile alle proprie caratteristiche personali. Se siamo introspettivi, la calma e l'attesa sono il nostro forte, se siamo sanguigni lo sono l'esternazione e il casino, come le rimostranza e le lamentele a voce alta, che spesso possono fare il loro effetto. 

9. Diffidare.  Non accettare ingaggi dal primo che si avvicina. In aeroporto, stazione o luoghi molto frequentati da turisti, evitate di farvi avvicinare da persone che ostentano un gran bisogno di aiutarvi. Questi sono i luoghi e le modalità prescelte da borseggiatori e truffatori per mettere a segno i loro colpi, presentati con storie elaborate e notevole perizia scenica.

 10. OGNI BUONA REGOLA FUNZIONA 

SOLO SE VIENE APPLICATA SCUPOLOSAMENTE.

Avere doppie carte di credito e doppioni di documenti e metterli nella stessa valigia é come non averli.  Dividere il rischio significa dividere i luoghi di impatto e applicarli non solo in situazioni di emergenza ma subito e in ogni situazione, anche apparentemente tranquilla, anche in casa.

 In 90 viaggi sono stato derubato 2 volte, ma ho subito 10 ingiustizie da hotel, ristoranti agenzie di viaggio, guide turistiche. Sentirsi esenti dalla statistica non vi aiuta a prepararvi agli imprevisti.  Se calcoliamo quante cose facciamo al giorno, bus, informazioni, acquisti, spiagge, risto, voli, banche etc, vedete quante volte siamo potenzialmente a rischio, dando il fianco alla statistica.

In Veneto siamo abituati a vivere in un mondo che condivide il nostro concetto di giustizia e di rispetto. Negli altri paesi del mondo gli equilibri della sopravvivenza cambiano. Armatevi di metodo e applicatelo con disciplina.

 11. Abbigliamento.  Se girate in una metropoli, evitate di vestirvi da turisti, con occhiali firmati, marsupi e naso all'insù. Mettete la macchina fotografica in un sacchetto della spesa e camminate a testa dritta, come se sapeste di essere attesi da qualche parte. Se dovete entrare in un posto, superatelo di dieci passi, poi fermatevi e giratevi ad osservarlo per due minuti, decidendo come comportarvi. 

 12. Autobus.  Soprattutto nei mezzi pubblici non tenete borse, zaini e tasche alla portata di estranei. Osservate discretamente chi vi sta accanto e se non vi piace, non fatevi scrupolo a spostarvi. Se avete un cellulare, vitate di parlare a voce alta nella vostra lingua in pubblico: orecchie lunghe ti stanno ascoltando e capiscono che sei un gringo.

13. Occhi aperti.  Imparare e vedere la strada e le persone con gli occhi di chi a che ha qualcosa da perdere. E’ una battaglia o un gioco, fate voi. L’importante è che alla fine non sia una tragedia. Loro hanno sempre tutto da guadagnare, invece, perché vivono di nulla e non hanno nulla da proteggere.

14. ATM.  Ragazzi fermi a lato di un edificio non sono rassicuranti: girare l’angolo. Guardate se persone vi seguono con lo sguardo mentre state prelevando contanti da una macchina di strada, o anche dentro un locale protetto. Meglio dividere la somma ritirata in due tasche, oppure una parte nel marsupio e una parte in una borsetta di plastica dove avete la frutta appena acquistata. La carta di credito collocatela in un’altra tasca ancora. Evitare strade scure di notte, ma anche strade illuminate se non sono frequentate da nessuno…  La gente vuole approfittare delle opportunità per guadagnare.   Ricordatevi che un malintenzionato non cerca proprio voi, ma forse voi, esponendovi, potete entrare nel campo d'azione di questa sopravvivenza disinvolta. Occorre essere preparati.

 15. Lustrascarpe.  Se qualche ragazzino si offre di lucidarti le scarpe, dàgliene solo una alla volta, così non scappa per rivenderle.

 16. Scorte di Emergenza.   Altra cosa utile é avere una scorta segreta di denaro di emergenza da celare e utilizzare nelle medesime condizioni di necessità. Esistono in commercio cinture con cerniere all’interno, ma anche il sottoplantare di una scarpa da tennis va bene.   Quando succedono cose fuori dall'ordinario, é indispensabile per noi recuperare il massimo di prontezza e sangue freddo. Lasciar perdere condizioni di autocommiserazione, polemica, disfattismo e resa. Domandatevi: e adesso quale è il metodo migliore per uscire dagli impicci?

   17. Prodigalità.  Non illudetevi che una dimostrazione di prodigalità, elargendo una somma di denaro per voi limitata ma inattesa per chi la riceve, possa farvi passare per benefattori.  Vi attirerà invece addosso l’attenzione del beneficiato o di qualcuno che gli sta accanto, che da quel momento saprà che voi avete il portafogli facile. Volenti o nolenti siete diventati una risorsa riconoscibile.

 18. Bibite controllate.   In discoteca o in una festa affollata, è buon uso acquistare sempre da sé le proprie bevande, meglio se lattine o bottigliette chiuse. Se andate al bagno, non lasciate mai la vostra bibita incustodita, perché potrebbero metterci qualche medicina o droga per addormentarvi. Nel dubbio, abbandonatela e compratene un’altra.

 19. Costo taxi. Informatevi sui costi medi dei tragitti in taxi verso la località dove siete diretti. Pretendete solo taxi regolari e accertatevi che accendano il tassametro, magari nella banda prevista esposta  (diurna, feriale, serale o festiva). Attenzione alla "categoria" del counter elettronico. Le corse hanno costi differenti di giorno o di notte (solitamente dopo le 9 di sera) o la domenica. Alcuni furbastri tentano i imporre al turista sprovveduto una corsa al prezzo notturno anche in pieno giorno.

20. Oggetti in albergo.  Non lasciate nulla di valore in hotel: le cameriere potrebbero essere tentate, soprattutto al giorno d'oggi dove il lavoro è spezzettato ed esteso a innumerevoli collaboratori, rendendo impossibile risalire al colpevole. Se non avete una cassaforte in camera, chiedete alla reception di mettere le cose preziose nella loro cassaforte, richiedendo una ricevuta.

21. Foto.  Portate con voi accessori che non diano nell'occhio. Se siete amanti della fotografia, informatevi se c'è pericolo di essere scippati, cosa che oramai occorre dare per scontata ovunque, soprattutto dove si è stranieri sperduti. Portate con voi di prevalenza camere compatte che possono essere celate prontamente in tasca ed estratte solo al momento dell'uso, dopo esservi guardati intorno. Chi non desidera assolutamente privarsi della propria Reflex dovrà prevedere movimenti in taxi direttamente sui luoghi da immortalare. Evitate chiassate e richiami ad alta voce nella vostra lingua: tutti segnali che attirano i malintenzionati.

 22. Forum.  Internet ha aperto la strada ai Forum, sale di discussione in cui la gente parla delle proprie esperienze e le confronta con gli altri. Ne esistono per ogni località del mondo e in tutte le lingue, italiano compreso. Informarsi è molto utile, per farsi un’idea su cosa ci aspetta, su luoghi e orari, sulla validità di una scelta e sui costi previsti.

Il mondo non è tuo, ma di chi lo abita.

All'estero noi siamo solo ospiti e un antico detto suggerisce di trattare con rispetto chi ci ospita, per essere ricambiati con simpatia. Ma è anche vero che poche delle antiche tradizioni sono ancora vive…  Regolati di conseguenza.

 

Travel Foto Tips

Per quanto riguarda le foto "serie" in zone non perfettamente conosciute: Se possibile, conviene girare due o tre giorni con una compatta, per gustarsi l’atmosfera e vedere i posti con più libertà, senza precludersi l'opportunità di catturare inquadrature suggestive ed impreviste. Poi, dedicarsi un giorno esclusivamente alle foto con reflex, magari tornando sui propri passi, non dimenticando il fattore sicurezza.

Un  po' come con gli acquisti dei souvenir.

Ricordarsi che non dappertutto la gente è disposta a farsi inquadrare da altri: occorre discrezione, magari chiedere il permesso essendo pronti ad accettare un rifiuto. In altri casi, meglio dotarsi di un potente teleobiettivo e scattare di nascosto in tutta sicurezza.

A me è capitato di voler riprendere soggetti in mezzo alla piazza. Ho inquadrato la piazza, insistendo nel guardare anche con la testa sfacciatamente rivolta al disopra o a lato del soggetto. Una notevole dimensione di pixel e un obiettivo sufficientemente wide hanno fatto poi il resto.

- Preparazione: studiate bene le caratteristiche per padroneggiare il funzionamento della macchina fotografica, compatta o reflex, che userete in viaggio. Abbiate la consapevolezza che durante il giorno la luce cambia, per cui è sempre consigliabile scattare una foto "prova" ogni tanto per controllare i livelli di luce e non trovarsi impreparati quando si dovrà cogliere l'attimo.

- Foto ricordo: siate creativi nel fissare l'immagine dei posti visitati.

- Caricabatteria: portare adattatori prese.

- Reflex: portare solo un set di lenti. Un 18-55 è standard, ma è sufficiente solo per panorami e primi piani ravvicinati; un 18-135 è più costoso ma soddisfa le esigenze di cogliere situazioni più lontane. Un solo obiettivo comunque evita perdite di tempo, lavori in corsa e pesi superflui.

- Ricambi: Utile portarsi altre cards di memoria, meglio alcune di piccola capacità che una di grandi capacità, questo evita la perdita delle foto se qualcosa dovesse succedere. Utile anche un set di batteria supplementare, per evitare di lasciarvi a piedi nel bel mezzo di una giornata intensa di scatti.

- Autoscatti: Attenti a non farvi rubare la macchina e tutto.

- Tecnica: fate due foto di un posto importante, panorama o edificio, una dell'oggetto, l'altra con una dettaglio, meglio se comprende un soggetto, così sarà più facile vedere il tutto e poi anche un personaggio inserito nel contesto.

- Ci sono molti fotografi a cui piace fotografare soggetti che rivolgono lo sguardo verso la camera, ma purtroppo la maggior parte dei visi ritratti appaiono falsi. In vacanza, quando non si ha molto tempo per mettersi ore davanti ad una persona aspettando il momento giusto, consiglio di immortalare gli sguardi "che fuggono": da molta più soddisfazione a mio parere rubare un momento prezioso ad una persona ignara.(http://www.facebook.com/l/NAQCD8MKBAQBK5oJtGu-0ib8Ixwsh7NtwFX6im-KNAml-zA/www.flickr.com/photos/lorenzobusi/5991098802/in/photostream)

- A proposito di cogliere l'attimo, le reflex di oggi vanno in sleep dopo qualche minuto di inattività. E' consigliabile quindi tenerle sempre accese e a portata di mano nel caso fosse necessario cogliere qualche attimo fuggente!
 

- Suggerimenti: Scattate foto di placche, segnali e targhe identificative, sarà più facile ricordare e contestualizzare le foto scattate senza dimenticare i luoghi esatti in cui sono state prese.

- Fatevi una copia giornaliera delle foto scattate, magari riducendole ed archiviandole in una chiavetta, tramite il vostro pc, o in un internet cafè.

- Ultimo ma più importante di tutti... se si fotografa a stretto contatto della natura, si affronterà per forza anche la sporcizia! Per chi si porta una reflex consiglio di munirsi di kit per la pulizia (10 euro) e spolverare la macchina dopo una giornata intensa!
 

Tutti i consigli sulla sicurezza

viaggiare  sicuri

 

Consolato Italiano a Rio de Janeiro

 Sicurezza

Viajar com olhos e coraçao bem abertos.

ORIENTAÇÕES PARA SEGURANÇA PESSOAL
 
As estatísticas comprovam que numa grande cidade 75% da população já sofreu  algum tipo de atentado contra sua vida e/ou contra seu patrimônio. São números assustadores e que fazem com que a segurança seja motivo de preocupação constante para todos. Os números revelam também que, em muitos casos, as vitimas "facilitam" a ação dos agressores por não adotarem medidas defensivas que diminuiriam consideravelmente as chances de sua ocorrência. As medidas que a seguir descreveremos são destinadas a diminuir este risco nos vários ambientes da cidade moderna, um autêntico manual de sobrevivência. É importante ressaltar que, se por um lado nenhum tipo de medida pode ser considerada 100% eficaz, os agressores sempre escolhem entre as vitimas a que lhe parece estar mais despreparada e desatenta, a presa mais fácil.

Se eu ou um dos meus familiares for a próxima vitima da falta de segurança, será um problema para quem ?
Para os políticos ? - Para todos ? - Para mim ?

Por colocar em risco um bem tão precioso como a vida de nossos familiares ou a nossa própria vida, somos os primeiros responsáveis pela nossa segurança.

É verdade que nossos direitos da cidadania permitem uma cobrança imediata do Estado de melhores condições de segurança para todos, mas a simples transferência desta responsabilidade não nos torna mais seguros.

A aparente simplicidade da questão oculta a grave constatação de que somos potenciais vitimas de incidentes e acidentes por falharmos na mais elementar forma de evitá-los: a prevenção.

ATITUDES PREVENTIVAS
É um conjunto de medidas sistemáticas que visam diminuir a possibilidade da ocorrência de acidentes e incidentes pela redução dos fatores de risco.

A primeira medida para que possamos aumentar nossa segurança é identificar os fatores de risco, não podemos combater um inimigo invisível. Você é capaz de identificar os fatores de risco existentes em sua residência? Em relação aos seus familiares? Em sua empresa? Seu carro? No lazer? No centro urbano?

Fomos educados desde a infância com a idéia de que a prevenção é a medida mais eficiente para diminuir os fatores que põem em risco nossa segurança. Até hoje estão gravadas em nossas memórias algumas frases como:
"Não atravesse a rua sem olhar para os lados; Não aceite bebidas ou alimentos oferecidos por estranhos; Cuidado com as más companhias!"
Porque não esquecemos estas recomendações preventivas? Porque foram repetidas inúmeras vezes até que ficássemos conscientes de que a falha na sua adoção poderia nos causar graves danos.

Sugerimos abaixo, uma série de medidas preventivas que irão contribuir para que você não seja um alvo fácil.

FILHOS
Desnecessário salientar para qualquer pai ou mãe o valor e a importância dos filhos. Por inúmeros motivos eles devem ser motivo de permanente atenção e cuidado. Confira abaixo algumas dicas preventivas de segurança que devem ser adotadas em relação aos filhos.
O exemplo vale por mil palavras. Qualquer ensinamento educativo só será aprendido por seu filho se você servir de modelo.
Não espere do seu filho um comportamento incompatível com a idade. Criança não deve ter um comportamento de adulto.

· Oriente seus filhos para não aceitarem convites de estranhos para passeios em carros, entrarem em casas, terrenos ou garagens, mesmo que atraídos pelas promessas de doces, chocolates, sorvetes ou refrigerantes. Este é um dos recursos usados por maníacos, tarados e seqüestradores.
· Se puder, conduza seus filhos à escola ou contrate um serviço de transportes registrado e de confiança. Uma boa alternativa é o revezamento de vizinhos ou parentes na tarefa. Na impossibilidade da companhia de um adulto, oriente-os para irem e voltarem das aulas em grupo.
· Esclareça seus filhos, desde a infância, sobre o mal causado pelas drogas. Converse sobre o problema.
· Conheça os amigos de seus filhos e os ambientes que freqüentam. Franqueie sua casa, com cautela, para saber quem são e seu comportamento.
· A criança deve ser orientada de como proceder na eventualidade de que a pessoa responsável não vá buscá-la na escola, conte com imprevistos!
· Avalie pessoalmente a disciplina e a segurança da escola em que seu filho estuda ou pretende estudar. Independentemente de ser uma instituição pública ou privada, a escola depende muito da capacidade de organização e do espírito disciplinador da direção.
· Participe das reuniões da Associação de Pais e Mestres, sugira medidas que melhorem a segurança dos alunos na escola. Participe!
· Acompanhe atentamente o aproveitamento escolar do seu filho. Se constatar uma inesperada baixa no desempenho escolar, entre em contato com os professores. Más companhias, drogas, etc, também estão entre as causas prováveis de uma baixa geral no rendimento.

RESIDÊNCIA
Este é um alvo freqüente da ação de criminosos proteger nossa residência, nosso abrigo, deve ser medida preventiva prioritária. A residência pode ter a segurança sensivelmente aumentada com a adoção de medidas preventivas sistemáticas pelos moradores.

· Portas resistentes, fechaduras confiáveis, grades de proteção, olho mágico, interfone e sistemas de alarme, de proteção e de combate a incêndios são itens básicos.
· Não permita a entrada de pessoas desconhecidas na sua residência. Inspetores, fiscais, encarregados de medição de serviços públicos, vendedores, pesquisadores, etc., só devem ser admitidos se garantidamente identificados. Se você tiver dúvida sobre a identidade apresentada, confira a veracidade ligando para o órgão responsável. Oriente seus funcionários para que hajam da mesma maneira.
· Exija e comprove a veracidade das referências profissionais apresentadas por empregadas domésticas, caseiros, babás, jardineiros, faxineiros, etc. Somente contrate depois de verificadas todas as informações.
· Mantenha controle rigoroso e periódico sobre as chaves do imóvel. Evite distribuir cópias para empregados, zeladores e etc. Não use nenhum tipo de identificação que ligue as chaves ao seu endereço. Se você constatar a falta de qualquer chave providencie a imediata substituição do segredo.
· Áreas externas e de acesso ao imóvel devem ser dotadas de um bom sistema de iluminação com capacidade de garantir controle visual das imediações.
· Antes de sair ou entrar no imóvel e ao abrir a porta para moradores ou convidados, certifique-se da inexistência de suspeitos nas imediações.
· Crianças devem ser alertadas para não abrir portas para estranhos sem a supervisão de um adulto.
· Não guarde valores ou objetos preciosos em casa. Faça seguro e deixe-os em cofres de banco. Se optar por ter um cofre em casa, guarde sigilo.
· Normas de segurança eficazes dependem da colaboração de todos. Discuta o assunto em família, ressalte a importância de cada medida e as conseqüências caso não sejam aplicadas.
· Não seja rígido nos seus horários de saída e chegada em casa e no trabalho.
· Tenha percursos distintos para ir trabalhar e para voltar para sua residência.

CASAS

· Proteja muito bem a área dos fundos da casa, local onde arrombamentos são muito freqüentes.
· Se possível, tenha um cão de guarda adestrado em sua residência. Um cão de grande ou médio porte serve de alerta e é sempre um fator de desestimulo a ação dos marginais.
· Quando sair à noite, tranque todas as portas intermediárias do imóvel, certifique-se de que as aberturas externas estão fechadas, mantendo algumas lâmpadas dentro e fora da casa acesas.

APARTAMENTOS OU CONDOMÍNIOS

· Em hipótese alguma jogue qualquer tipo de objeto pelas janelas ou sacadas. Crianças aprendem por imitação e acharão que podem fazer o mesmo com qualquer objeto, poderão jogar chaves, documentos e outros objetos que possam comprometer a segurança.
· O pessoal da portaria deve ser treinado e orientado com clareza sobre as normas de segurança do condomínio. Nunca desautorize qualquer iniciativa por parte dos empregados quanto ao cumprimento das normas de segurança.
· Lembre-se: a segurança de todos depende da colaboração de cada morador.

EMPRESA
Você, seus funcionários e seu produto constituem o patrimônio da sua empresa. Proteger este patrimônio trará benefícios para todos, um melhor nível de segurança proporciona: tranqüilidade, menos perdas com acidentes e incidentes e conseqüente redução de custos. Observe algumas medidas preventivas de caráter geral.

· Planeje sua segurança. Medidas isoladas não produzem os resultados desejados.
· Independentemente do porte da sua empresa você necessitará de alguém responsável pela segurança.
· Analise os pontos vulneráveis da sua empresa e o que deve ser feito para protegê-los. · Calcule as perdas decorrentes da falta de um plano adequado de segurança.
· Proteja seu produto e a sua clientela, seu concorrente certamente está interessado neles.
· Reavalie a metodologia empregada para contratação de pessoal, este é um fator extremamente importante e que muitos ignoram.
· Se a sua empresa está informatizada, analise os métodos de proteção adotados e sua eficácia.
· Se a sua empresa está sediada em prédio comercial, verifique quem está encarregado e quais são as medidas de segurança adotadas.
· Procure evitar rigorosidade de itinerários e de horários durante o deslocamento de sua residência até a empresa. Sempre que possível, alterne-os.
· Só atenda pessoas identificadas pelo serviço de segurança.
· Ao transitar pelo interior da empresa solicite apoio do serviço de segurança e avise os seus deslocamentos.
· Sempre que possível, verifique o funcionamento das trancas das portas e janelas. Se for necessário, reforce-as.
· Use somente fechaduras de qualidade e só permita o acesso às chaves à equipe de segurança.
· Mantenha as portas das salas trancadas quando não estiver presente no local.
· Converse permanentemente trancados os acessos a corredores, elevadores e escadas, exceto os absolutamente necessários.
· Verifique se o edifício de seu escritório tem equipamento contra incêndios e fumaça em perfeitas condições. Verifique também se você tem um bom plano de evacuação, caso seja necessário.

TRÂNSITO
O automóvel é um instrumento de trabalho na modernidade. Passamos um bom tempo ao volante no nosso dia a dia. Confira abaixo algumas dicas preventivas de segurança que devem ser adotadas em relação ao uso do automóvel.

· Faça um curso de direção defensiva.
· Procure dirigir de forma atenta e calma. Jamais discuta ou troque ofensas com outros motoristas, é impossível prever a reação de alguém que você não conhece.
· Não deixe exposto nenhum objeto que esteja transportando, tais como bolsas, maletas, casacos e pacotes. Mantenha-os trancados no porta-malas. Ao estacionar o veículo nunca deixe documentos importantes ou objetos de valor dentro do carro.
· Procure deixar seu veículo em estacionamento vigiado e de sua confiança. Se você estacionar na rua, deixe seu carro em lugar visível e iluminado.
· Mantenha-se atento a suspeitos que possam estar seguindo você. Se você desconfiar de que está sendo seguido, aja com naturalidade e dirija até encontrar um policial ou um local seguro onde possa pedir ajuda.
· Procure observar como estão localizados os postos policiais dentro do seu trajeto para que, em caso de necessidade, você possa alcançá-los com maior rapidez.
· Evite ficar aguardando alguém no interior do veículo, é preferível circular até seu passageiro chegar ou estacionar em local seguro.
· Use chave-geral, trancas e sistema de alarme. Dê preferência a sistemas de som de frente removível e/ou que não chamem a atenção.
· Nunca deixe as chaves do seu carro com guardadores, flanelinhas ou manobristas.
· Aja sempre com cautela ao chegar em casa ou estacionar o veículo. Verifique a presença de suspeitos por perto. Você pode estar sendo seguido ou observado. Olhe tudo ao seu redor procurando sinais de perigo.
· Se você observar que o seu carro está sendo furtado, não intervenha sozinho, chame a polícia. Normalmente os assaltantes agem com a ajuda de um ou mais comparsas.
· Tenha muito cuidado com as pequenas batidas. Este é um recurso muito usado por assaltantes. Ao parar e sair do veículo você se torna presa fácil. Não julgue pela aparência do outro motorista. Anote a placa do veículo que colidiu com o seu e registre a ocorrência depois.
· À noite, diminua a marcha do veículo ao aproximar-se de sinais fechados, dando tempo para que o sinal abra. Se for obrigado a parar mantenha a primeira marcha engrenada e atento aos arredores. Conserve uma distância do carro da frente suficiente para fazer uma manobra de emergência. Nunca seja o primeiro da fila e tente posicionar o seu carro na pista mais à direita.
· Dê preferência aos veículos de quatro portas, mantendo-as sempre travadas e deixando os vidros fechados.
· Procure trafegar com seu veículo tendo mais de duas pessoas no interior do veículo.
· Esteja sempre atento ao que acontece no caminho. Suspeite de qualquer carro que possa parecer estar lhe seguindo. Observe atentamente, também, o que se passa à sua frente para que, em caso de colisão, incêndio ou outros obstáculos, você tenha tempo e espaço suficiente para mudar a trajetória de seu veículo.
· Esteja sempre atento enquanto estiver ao volante.
· Evite se aproximar excessivamente dos outros veículos, principalmente ônibus e caminhões.
· Procure guiar sempre que possível, na pista central ou na direita.
· Use sempre o cinto de segurança.
· Andar em alta velocidade só será vantajoso se realizado com segurança. Lembre-se que a velocidade excessiva diminui a possibilidade de se adotar outras medidas, aumentando o risco de um acidente fatal.
· Evite ficar à retaguarda de veículos lentos. Ultrapasse-os o mais rápido possível.
· Quando tiver de prestar socorro a terceiros, dirija-se a um telefone e comunique a policia, esta também é uma maneira de prestar socorro. É comum marginais simularem acidentes para pararem carros de vítimas.
· Redobre a atenção ao entrar ou sair de garagens.

ESTRADAS
Observe as seguintes medidas preventivas para viajar com segurança e tranqüilidade nas estradas.

· Revise seu veículo com especial atenção em itens como pneus, suspensão, freios, iluminação e limpadores de pára-brisas. Confira níveis de água, óleo, combustível e os equipamentos obrigatórios.
· Certifique-se que a sua documentação e a do veículo estejam em ordem.
· Programe a sua viagem evitando correrias para cumprir horário. Viaje preferencialmente durante o dia.
· Use sempre o cinto de segurança, crianças devem viajar no banco traseiro. Não deixe objetos soltos no interior do veículo.
· Nunca dê carona para estranhos, nem mesmo para pessoas fardadas.
· Ao passar por debaixo de viadutos ou passarelas veja se existem pessoas paradas na direção da faixa que você está trafegando, se constatar que sim, com segurança mude de faixa. Assaltantes costumam atirar objetos sobre o veículo para faze-lo parar.
· Se o veículo for atingido por pedras ou tiver um pneu furado certifique-se de que pode parar em segurança no local. Assaltantes costumam usar este recurso para forçá-lo a parar. Se desconfiar de algo, prossiga em baixa velocidade até um local considerado seguro.
· Pessoas ou objetos sobre o leito da estrada podem ser ardis usados por assaltantes para forçá-lo parar.
· Dirija defensivamente mantendo constante atenção na estrada. Conte com situações emergenciais causadas por erros de outros motoristas.

FÉRIAS
Você vai sair em férias, este é um dos momentos em que você também precisa pensar na segurança. Confira algumas medidas preventivas de proteção que você pode adotar.
· Não comente sobre sua viagem de férias com pessoas estranhas.
· Deixe um número de telefone para contato com uma pessoa de confiança que resida próximo à sua residência.
· Suspenda a entrega de jornais e revistas.
· Instale um sistema de célula foto-elétrica em algumas lâmpadas externas da residência. Luzes acesas durante o dia denunciam a ausência dos moradores.
· Deixe cópia das chaves da residência com parente ou amigo de confiança para eventuais emergências.
· Se você não possui cão de guarda, poderá contratar um serviço temporário especializado neste tipo de proteção.
· Não carregue malas e bagagens no seu veículo em local visível.
· Verifique a possibilidade de implantar um sistema de transferência das ligações telefônicas da sua residência para seu telefone celular ou do local onde pretende permanecer (serviço siga-me). Outra alternativa é a instalação de uma secretária eletrônica.
· Oriente os caseiros ou pessoa encarregada de cuidar do imóvel, que não dê nenhuma informação ou detalhes da sua viagem a qualquer pessoa.

TRANSPORTES COLETIVOS
O uso do transporte coletivo nas grandes cidades é uma necessidade. Confira abaixo algumas dicas preventivas de segurança que devem ser adotadas em relação ao seu uso.

· Separe o dinheiro necessário para o pagamento da passagem com antecedência, evite expor carteira com dinheiro no interior do coletivo ou guardá-la no bolso de trás da calça.
· Evite carregar bolsas e grandes volumes no interior do coletivo. Se for necessário posicione-os na sua frente, junto ao corpo.
· Desconfie de batidas e encontrões no interior do coletivo. Este é um recurso muito usado por batedores de carteira.
· Em coletivos com poucos passageiros sente próximo do motorista.
· Em caso de assalto no interior do coletivo não reaja. Permaneça em seu local até a situação voltar ao normal.
· Evite usar jóias e adereços chamativos. Dê preferência para vestimentas sóbrias.
· Evite permanecer sozinho em pontos de transporte coletivo, principalmente no período da noite.

CENTROS URBANOS
Observe as seguintes medidas preventivas quando se deslocar pelo centro das cidades.
· Não utilize jóias, relógios, correntes, pulseiras e outros adereços que chamem a atenção.
· Organize-se previamente, separe o dinheiro necessário para pequenas despesas. Evite desta forma o manuseio da carteira de dinheiro em locais públicos.
· Não carregue grande quantia de dinheiro. Se for necessário, o valor deve ser divido em partes menores e colocado em diferentes locais da vestimenta.
· Se alguém pedir algum tipo de informação, atenha-se ao solicitado. Não dê ouvidos a ofertas de pessoas estranhas com negócios aparentemente muito lucrativos.
· Mantenha sempre a bolsa presa firmemente, levando-a preferencialmente na frente do corpo.
· Evite as aglomerações de curiosos que normalmente se formam para acompanhar demonstrações de vendedores, etc. Estes locais são muito visados por batedores de carteira e outros tipos de marginais.
· Se uma criança acompanhar você, mantenha-a sempre segura pela mão. Não se afaste dela.

BANCOS E CAIXAS AUTOMÁTICOS
Observe as seguintes medidas preventivas quando utilizar caixas eletrônicos ou em estabelecimentos bancários.

· Faça uma reformulação do conteúdo de sua carteira imediatamente evitando riscos desnecessários.
· Carregue apenas um cartão de crédito, deixando os demais em casa. De acordo com as datas de pagamento da fatura do seu cartão, você vai fazendo as substituições.
· Carregue apenas um cartão de banco na carteira ou opte por levar dinheiro suficiente para as compras diárias.
· Evite freqüentar banco em dias de pagamento ou de muito movimento, converse com o gerente para saber quais os dias de menor movimento.
· Evite os caixas eletrônicos situados em locais ermos, principalmente no período da noite.
· Preste atenção quanto à presença de estranhos nas imediações dos caixas 24 horas, se suspeitar de algo ou alguém não efetue saque no local.
· Não peça e nem aceite auxílio de ninguém para a operação do caixa eletrônico. Informe-se previamente com seu banco das normas de operação do sistema.
· Se o seu cartão ficar retido na máquina por qualquer problema, o sistema automaticamente emite um comprovante. De qualquer forma, informe imediatamente o estabelecimento administrador do cartão solicitando o cancelamento do mesmo.
· Ao efetuar retiradas no banco não deixe imediatamente a agência. Aguarde uns instantes e observe. Assaltantes costumam permanecer nas agências identificando potenciais vitimas.
· Se ocorrer um assalto quando você estiver na agência. Procure manter a calma. Não reaja e não faça gestos bruscos que possam ser interpretados pelos criminosos como uma reação contra eles. Lembre-se que o assaltante está atrás do dinheiro e costuma atirar somente quando fica assustado ou se sente ameaçado.

COM ARMAS DE FOGO
Observe as seguintes medidas preventivas referentes ao manuseio e guarda de armas de fogo.

· Avalie a real necessidade de possuir uma arma de fogo. O treinamento necessário para a correta utilização de uma arma, considerados os aspectos técnicos, legais e da perícia requerida, é uma tarefa difícil e complexa.
· Se você pretende ter uma arma faça um bom curso prático de tiro. Se você não pretende fazer o curso, abandone a idéia de possuir uma arma.
· O local adequado para aprender a manusear e conhecer a operação de uma arma de fogo é a escola de tiro. O local adequado para praticar é o estande de tiro. Não tente aprender sozinho nem praticar em locais inadequados.
· Nunca se ouviu falar de que uma arma tenha disparado sozinha. Disparos ditos "acidentais" são decorrentes da irresponsabilidade no manejo ou na guarda da arma!
· Manuseie uma arma de fogo sempre como se estivesse carregada. Somente após cuidadoso exame você poderá se assegurar que ela está descarregada. Ao descarregar conte a munição e verifique visualmente a(s) câmara(s) e/ou cano(s).
· Jamais, em hipótese alguma, mesmo que você tenha se assegurado de que ela está descarregada, aponte uma arma para alguém, a menos que você pretenda atirar.
· Sempre guarde sua arma e munição em local seguro, longe do alcance de outras pessoas. Evite efetuar a limpeza da sua arma na frente de crianças.
· Tenha em mente o seguinte: uma arma não é um instrumento de intimidação, ela é um instrumento mortal. Somente utilize sua arma se você realmente pretende atirar.

EM CASO DE ASSALTO

· Mantenha-se calmo e fale mansamente. Lembre-se de que o marginal já está supernervoso e não seria inteligente agravar essa situação de estresse.
· Obedeça as ordens do assaltante. Não tente preservar documentos ou objetos pessoais. O quanto antes essa situação terminar, melhor.
· Jamais reaja, pois assim você estará colocando sua vida ou a de pessoas que o acompanham em risco.
· Não tente fugir, pois fatalmente o ladrão fará um disparo como medida de advertência. · Anuncie verbalmente todos os movimentos que for realizar, evitando gestos bruscos.
· Evite olhar para os olhos do assaltante, isso poderá deixa-lo mais nervoso.

EM CASO DE SEQÜESTRO
· Se alguém de sua família for seqüestrado não perca tempo, que é muito precioso nesses casos, e acione imediatamente a Divisão Anti-Seqüetro. Os policiais, especializados nesse tipo de crime, poderão oferecer uma ajuda importante nas negociações, de forma que se tenha maior garantia da libertação da vítima com vida.
· No momento da abordagem deixe sua defesa para sua equipe de segurança, se você tiver. Não reaja. Um movimento brusco poderá representar o seu fim.
· Se seus olhos forem vendados, procure identificar sons que possam no futuro, auxiliar a polícia em suas investigações.
· Jamais discuta com os marginais no cativeiro. Tente manter a autodisciplina e o controle emocional. Pense sempre que os seqüestradores precisam de você vivo, pois, do contrário, não poderão negociar o resgate.
· Procure observar todos os detalhes para auxiliar a polícia em suas investigações.
· Sua família deve estar orientada a procurar a polícia imediatamente. Lembre-se que nas negociações, ao sentir facilidades, os seqüestradores pedirão cada vez mais.

DICAS GERAIS
Procuramos sintetizar neste grupo as medidas gerais mais importantes que envolvem a nossa segurança no dia-a-dia. São recomendações práticas e eficazes na prevenção de um grande número de riscos.
 
· Habitue-se a pensar em segurança como uma parte integrante do seu dia-a-dia.
· Não deixe de fazer aquilo que gosta, mas faça com segurança.
· Procure adaptar as medidas de segurança ao tipo de vida que você leva.
· Não protele a adoção de uma medida de segurança quando o risco é a vida.
· Pense que quanto melhor for a sua proteção menor será a chance de que você seja a próxima vitima.
· Fuja da rotina, reavalie constantemente suas medidas de segurança.
· Avalie a necessidade de contratar um serviço de segurança, nunca procure profissionais que trabalhem sozinhos, procure uma empresa especializada que seja legalizada e que tenha experiência na área.

CONSIDERAÇÕES FINAIS
As medidas acima não pretendem nem poderiam suprir todas as necessidades de segurança. Uma análise destas necessidades deve levar em consideração as diferentes situações individuais, avaliando os riscos e as soluções apropriadas de cada condição insegura. Para uma avaliação personalizada, nos colocamos inteiramente à disposição para, através do setor de Planejamento Técnico, atender as necessidades de segurança de vosso patrimônio, orientando nas medidas preventivas a serem tomadas e esclarecendo possíveis dúvidas e quanto ao correto desenvolvimento das ações corretivas.

 Consigli

SEGURANÇA
CONDOMÍNIOS VERTICAIS - APARTAMENTOS

Os condomínios verticais têm sido palcos de crescentes atos criminosos, cada vez mais constantes nos noticiários em geral.
Alguns problemas quanto à segurança, entretanto, estão na administração, zeladoria, empregados do condomínio, que, em vez de primar pelo profissionalismo, garantem suas posições com atitudes servis, isto é, procurando agradar os inúmeros patrões - os condôminos -, fechando os olhos para as normas de segurança que deveriam ser cumpridas.

O conselho de condôminos deve estabelecer normas claras, bem como discriminar punições para todos os infratores. Para evitarem-se conflitos entre zeladoria e os funcionários do condomínio com os moradores, os fatos devem ser anotados relatando o ocorrido ao administrador, que, apoiado pelo conselho de condôminos, pode então esclarecer ao infrator que as normas do condomínio não foram obedecidas.

EMPREGADOS DO CONDOMÍNIO
A contratação de empregados para o condomínio, sejam eles funcionários próprios e / ou funcionários de terceiros, isto é, de empresas especializadas em limpeza, segurança, manutenção etc., deve seguir um único padrão de seleção.
É importante selecioná-los tendo e treiná-los adequadamente para conviver com conflitos, porém cientes de suas funções e responsabilidades. Devem, para tanto, possuir bom relacionamento “interpessoal”. Todos esses funcionários próprios e de terceiros devem ter seus antecedentes criminais e condutas pessoais verificados por empresa especializada. Após os mesmos se desligarem do emprego, por quaisquer que sejam os motivos, os registros devem ser arquivados por pelo menos dois anos, para que se possa fornecer o máximo de informações à polícia em caso de ocorrência ou algum problema mais grave que necessite de investigação. É importante saber que, muitas pessoas se infiltram nos condomínios como empregados apenas para conhecer os hábitos e as falhas, e assim facilitar oportunamente a entrada de malfeitores.
Devem-se evitar visitas de amigos e, sobretudo de ex-funcionários próprios e de terceiros que trabalham para o condomínio. Esses relacionamentos pessoais devem ser mantidos fora dos portões, limitando-se assim a ação de possíveis malfeitores.

EMPREGADOS DOS MORADORES
Após o empregado ser selecionado pelo morador (recomenda-se que para sua própria segurança essa seleção seja feita na sala da administração e não no próprio apartamento, pois em geral não se sabe quem se está recebendo e a possibilidade de ser assaltado passa a ser relativamente alta). O candidato deve ser encaminhado à administração do condomínio para as devidas formalidades preestabelecidas.
O administrador deve preencher uma ficha de registro com todos os dados e anexar uma foto do candidato. O condomínio deve cobrar uma taxa e chamar para si a responsabilidade de verificar os antecedentes criminais e condutas pessoais, através de escritório especializado. Essa deve ser uma norma coletiva e como tal obedecida por todos.
É dever do administrador explicar detalhadamente as normas de segurança a esse novo empregado e fornecer-lhe um impresso de fácil leitura para que tenha em mente a responsabilidade que compartilha no condomínio.
E o que fazer com os chamados empregados eventuais ou diaristas que prestam serviços aos moradores uma ou duas vezes por semana, ou mesmo quinzenalmente? Nossa orientação é que devem seguir os mesmos critérios de contratação, independentemente de serem efetivos ou temporários.
O horário de trabalho desses empregados precisa constar na ficha de registro da administração. Fora do horário habitual, o acesso deverá ser permitido somente após a autorização do morador.

ENTREGADORES E PRESTADORES DE SERVIÇO
Deve ser proibida a entrada de entregadores de refeições, compras, presentes, flores etc. nas dependências do condomínio, mesmo que acompanhados por funcionários, os quais poderão ser dominados pelo falso entregador já no interior do condomínio.
O morador ou um empregado do apartamento deve ir até a portaria receber a encomenda, evitando pôr em risco a segurança dos demais moradores, além da própria.
O porteiro não deve abrir o portão para receber essas mercadorias. É recomendável ter um postigo com dimensões suficientes para passar esses produtos. Outras mercadorias em tamanhos maiores devem ser recebidas somente no horário diurno e acompanhada por um guarda quando se abrir o portão. O porteiro não deve abri-lo para recebimento de mercadorias quando estiver sozinho.
A presença de prestadores de serviços eventuais, como encanadores, eletricistas, técnicos da companhia telefônica, técnicos de TV a cabo etc., precisa ser previamente comunicada à portaria pelo morador, especificando o dia da visita, bem como o nome e, se possível, o RG do profissional que virá atendê-lo.
Quando esse prestador de serviço chegar, a autorização da sua entrada deverá ser novamente confirmada pelo morador, de preferência acompanhado na entrada e na saída por um funcionário do condomínio ou por alguém do apartamento solicitante.
No caso de reformas de um apartamento, quando o morador não está presente, o administrador deverá fazer um cadastro do funcionário.
Conduta semelhante deve ser observada para os profissionais que prestam serviços nas dependências gerais do condomínio.

VISITANTES DO MORADOR
Este é um item delicado, mas normas são normas e todos devem aceitar seu cumprimento, zelando pela segurança coletiva.
O visitante deve ser identificado pelo interfone antes da abertura do portão e este deve ser aberto somente após a aprovação do morador, mesmo que esteja chovendo e o condomínio não tenha abrigo externo para a proteção do visitante.
Para reduzir esse tempo, o morador poderá deixar o nome do visitante na portaria.

HORÁRIO DE ACESSO AO EDÍFICIO
O condomínio deve determinar um horário para trancar as portas da frente e dos fundos do edifício, e cada morador, sempre que abri-las, não deverá deixar de trancá-las novamente, zelando assim pela segurança pessoal e coletiva. É fundamental que a cópia dessa chave não seja dada a seus empregados.

ILUMINAÇÃO
A conta de energia elétrica vai aumentar, mas é básico que as dependências do condomínio sejam bem iluminadas para desestimular a ação dos malfeitores. As entradas do condomínio e do edifício também precisam ser bastante iluminadas.

DIVISAS
É importante que as divisas sejam suficientemente altas e protegidas no topo com alambrado em “L”, voltados para fora, dificultando o acesso de malfeitores. Os mezaninos de flores próximos às divisas, por facilitarem a escalada, também devem ser evitados.

GARAGEM
A garagem é sem dúvida um ponto extremamente vulnerável e de maior indisciplina por parte dos moradores, gerando polêmica e discussões intermináveis nas reuniões de condôminos. Todavia deve-se enfatizar que as normas para a segurança devem ser claras e rígidas, e o cumprimento delas é essencial para a segurança de todos.
Muitas têm sido as medidas tomadas para a triagem da entrada e saída de veículos, tais como selo fixado no pára-brisa, crachá, registro de placas dos carros etc. Um sistema que tem se destacado pela praticidade é aquele em que cada condômino tem um controle remoto para entrar e sair da garagem sem a ação da portaria. É importante que a distribuição desses aparelhos seja controlada e numerada, e deve exigir-se a devolução quando as pessoas se mudarem.
Para garantir ainda mais o sistema, todos os carros estacionados devem possuir um crachá com um número de identificação e, durante a ronda, o guarda deve checá-lo. Quem não deixá-lo à mostra no veículo estacionado deve ser chamado à atenção pela administração e na reincidência multado conforme normas estabelecidas.

PORTARIAS
A portaria deve ficar afastada das divisas do condomínio e protegida com vidro à prova de bala. Aplique no vidro uma película de proteção que dificulte a visão do seu interior, de dia e de noite.
O porteiro precisa ser preservado. A fiscalização de ruas, calçadas, da porta da garagem, assim como a identificação de pessoas em geral, deve ser feita através de câmeras de TV, intercomunicador e vídeo-porteiro, instalados no muro ou gradil, na divisa com a rua.
O porteiro precisa ser bem treinado e possuir apurado senso de observação. Quando tiver que abrir o portão para um morador, visitantes ou empregados entrarem a pé, o porteiro deve observar pelo monitor de TV, ou por espelhos parabólicos instalados em pontos estratégicos e com boa visão, se não há estranhos por perto.
Quando for necessária a abertura do portão para colocação de lixo em lixeiras externas, bem como para limpeza e manutenção de canteiros nas calçadas, o porteiro deve deixar o portão aberto o mínimo de tempo possível, acompanhado por um guarda ou pelo menos de algum empregado do condomínio, observando qualquer movimento suspeito de alguém.

É importante manter na portaria uma lista atualizada com telefones úteis, tais como:
· Hospitais e pronto-socorros área;
· Delegacia policial área;
· Batalhão da polícia militar;
· Corpo de bombeiros;
· Companhia de água e esgoto;
· Companhia de eletricidade;
· Central de emergências da prefeitura (queda de árvore, muros e etc.);
· Assistência técnica de elevadores;
· Prestação de serviços em geral.
· Outros telefones úteis ao condomínio.

CONSELHOS GERAIS
Porteiros e empregados devem ser orientados a não fornecer, em hipótese alguma, informação sobre os moradores e suas famílias, tais como horários habituais em que saem e chegam se está de férias, qual a escola dos filhos etc..
A Administração do condomínio deve proibir que os moradores deixem as chaves dos apartamentos e dos veículos na portaria. Quando o morador tiver que deixá-las por motivo de força maior, a Administração ou zelador deve ser o responsável por sua guarda e zelo.
Evite perder tempo com orçamentos para conserto de itens vitais, como elevadores e iluminação em pontos críticos, as portas de garagem e os portões de entrada. Estabeleça uma política para agilizar todos esses reparos.

CONSELHOS ÚTEIS PARA OS MORADORES
Não abra a porta em hipótese alguma sem antes observar pelo olho mágico ou vídeo porteiro o que ocorre lá fora. Se aparecer alguém, mesmo conhecido, que não lhe foi anunciado, não abra. Chame imediatamente a portaria do prédio para esclarecer o ocorrido com urgência, e só depois dessa ação tome a decisão de abri-la.
Quando algum profissional for prestar serviço no apartamento, tranque as portas das áreas a que ele não precisa ter acesso e fique por perto acompanhando o serviço.
Evite entrar nos elevadores se pressentir uma ou mais pessoas suspeitas. Se já estiver dentro dele e alguém suspeito entrar, desça em qualquer andar. Livre-se logo de um possível problema e comunique sua suspeita à portaria, mesmo que tenha de se desculpar depois.

Quando chegar de carro, olhe bem se não há pessoas paradas em pé ou em carros por perto, próximos à entrada da garagem. Se desconfiar de algo, dê a volta, e de algum telefone público ou de celular ligue para casa, para a portaria do condomínio ou até para algum apartamento de pessoas conhecidas, e peça auxílio para sua entrada na garagem.

ANEXO A
MEDIDAS DE SEGURANÇA PARA APARTAMENTOS
AUTO-AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE SEGURANÇA 

Respostas:  SIM / NÃO / ÀS VEZES

1 - Os empregados domésticos dos apartamentos são identificados, recebendo crachá com foto pela administração do condomínio ?
2 - Os visitantes se anunciam ao porteiro pelo interfone no portão antes de entrar nas dependências da portaria ?
3 - Os visitantes são anunciados pelo interfone ao morador antes de subirem ao andar ?
4 - Os veículos têm identificação e isso é exigido para mantê-los estacionados na garagem ?
5 - Os porteiros e guardas são treinados e reciclados quanto às normas de segurança ?
6 - O quadro de porteiros e guardas do condomínio tem muitas mudanças de maneira geral (turnover)?
7 - O porteiro abre o portão da garagem apenas ao ouvir o som da buzina ou ver o piscar dos faróis ?
8 - Os entregadores de pizza, flores etc. vão até a porta do apartamento para entregá-los ?
9 - Você ou os empregados deixam as chaves do apartamento na portaria, mesmo que de vez em quando ?
10 - No condomínio as normas estabelecidas são respeitadas em geral ?

ANEXO B
SEGURANÇA NA CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS
(DOMÉSTICOS, GUARDAS, MOTORISTAS ETC.)

Respostas: SIM / NÃO / ÀS VEZES


1 - Você guarda consigo uma cópia dos documentos dos empregados ?
2 - Você guarda também uma foto ou filme dos empregados ?
3 - Você pede para algum despachante policial ”verificar” todas as informações antes de o empregado iniciar o serviço ?
4 - Você registra o empregado ?
5 - Você tem uma relação sobre medidas de segurança da residência e instrui os empregados ?
6 - Seus empregados geralmente sabem assuntos de família, tais como:quando alguém da família irá viajar, onde trabalha, onde é a escola das crianças ?
7 - Você deixa uma lista de telefones úteis e de emergências para os empregados utilizarem em caso de necessidade ?
8 - Seus empregados deixam entrar prestadores de serviço, medidores de energia, pedreiros etc.sem sua prévia autorização ?
9 - Quando pessoas estranhas trabalham na sua casa - pedreiros, marceneiros, pintores etc. - , você tranca os quartos ou as áreas a que eles não precisam ter acesso e checa se tudo está em ordem quando eles saem ?
10 - Seus empregados levam a chave da residência quando saem, no final do dia, nos dias de folga ou por qualquer outro motivo ?


PLANILHA DE PONTOS


AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE SEGURANÇA
00 / 39 PONTOS - NEGLIGÊNCIA
40 / 59 PONTOS - PRECAUÇÃO
(Está preocupado, mas em geral não se antecipa com medidas preventivas)
60 / 79 PONTOS - PREVENÇÃO
(Está preocupado, atento e toma medidas preventivas)
80 / 100 PONTOS - ALTÍSSIMO NÍVEL PREVENTIVO

 

Traveller TIPS from Gringoes

 Many first time and sometimes "seasoned" travelers to a foreign country are unprepared for the cultural shock they will experience. The result is that they are often perplexed by the unfamiliar atmosphere in which they find themselves. In these circumstances, 

"The Ten Commandments for Travelers" may be well worth reading and using. 

I. THOU SHALT not expect to find things as thou has them at home...for thou has left home to find things different! 

II. THOU SHALT not take anything too seriously....for a free mind is the beginning of a fine vacation! 

III. THOU SHALT not let the other travelers or tourists get on your nerves... For thou art paying out good money to enjoy this trip! 

IV. REMEMBER to take only 1/2 the clothing you think you need and twice the amount of money! And blessed is the man who can make change in any language--for lo he shall not be cheated! 

V. REMEMBER they passport so thou knkowst where it is at all times...for a man without a passport is a man without a country! 

VI. REMEMBER if we were expected to stay in one place...we would have been created with roots! 

VII. THOU SHALT not worry! He who worries has no pleasure....And very few things are ever fatal! 

VIII. THOU SHALT not act like the typical American...When in Rome, do as the Romans do! If in difficulty, use friendliness and common sense! 

IX. THOU SHALT not judge the people of a country by the one person with whom thou has has trouble*@#%$& X. REMEMBER THOU art a guest in every land...And he who treats his host with respect is treated as an honored guest. 

Anyone for the next six?  

+ 1. Whenever a dire car payment or gym membership is due, go with them to make the payment yourself, if you care to contribute.

+ 2.  Do not assume that the health care system in Brazil is non-existent and that you feel the need to help out.  While I was there, a van speciliazing in dental services roamed the streets of Rio.  When's the last time one visited your neighborhood?

+ 3. Even though you've conversed with your waiter in broken English during your entire dinner, don't expect them to return with your change once you've paid your bill.   The best you'll get is a nod and smile, so make sure you arrive with change.

+ 4.  If you share your e-mail address while you're there, be prepared for a mass mailing where your name appears with many others expressing the emergency for additional funds.  Merely grin and press the delete button

 30 sept 08

 

Art of Hustling

 

 

 
 

 

Una Risata

 

°°°o0§0o°°°

 

About

 

 

 

°°°o0§0o°°°

 

 

 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

     

 

 

 

 

 

 

SE VUOI SCRIVERCI, O RICEVERE  LE NEWS-LETTERS

NELLA TUA E-MAIL, RICHIEDILO ALL'INDIRIZZO :

max.bonaventura@gmail.com